Sunday, November 06, 2005

Perdendo o órgão


Não é que o cinqüentenário Carandiru resolveu botar as asinhas de fora? Cavalgando sua moto, voltou aos seus tempos de Febem e caiu na estrada. Ele, que passou metade da festa tomando guaraná - pelo menos, não era diet - assim, pôde manter um clima de rebeldia.

Chegou a Mariana, assistiu à missa, que acabou às onze, e saiu para dar um rolê pelas igrejas da cidade. Meio-dia, voltou à porta da Sé, para o concerto do órgão setecentista.

Mariana ganhou o nome e o órgão de Dona Maria Ana, esposa do rei de Portugal Dom João V. Como o Sovaco também é cultura, vou explicar: Dom João V foi pai de D. José I, que foi pai de Dona Maria I, mãe de D. João VI, pai de D. Pedro I.

Voltando, então, ao Carandiru Febem, este encontrou a porta da Catedral fechada e não vacilou: acreditando que justo hoje o concerto tinha sido suspenso, pegou sua moto e tomou a estrada. Encontrei-o explicando à Atleti Cana:

-Encontrei a porta fechada, pensei: 'Pronto! Logo hoje, o concerto foi cancelado. Mas depois me explicaram que, para o concerto, a gente entra pela porta do lado. Fui a Mariana e perdi o 'órgão...'

Na hora, perguntei:

-Como é? O que você foi fazer em Mariana, que perdeu o órgão???

0 Comments:

Post a Comment

<< Home